A RAÇA CANCHIM

A raça Canchim é fruto de um trabalho científico que visa viabilizar economicamente a obtenção de carne de melhor qualidade nas condições brasileiras. O touro Canchim, cobrindo a campo vacas nelore e/ou aneloradas, produz novilhos precoces e cumpre a finalidade para o qual foi idealizado, destacando-se sobre todas as demais raças. Se comparado com touros de raças zebuínas, produz o mesmo número de bezerros, porém com qualidade superior, pois são mais pesados. Se comparado com os touros de raças européias, produz bezerros com o mesmo peso, porém em maior quantidade.

Os novilhos precoces, fruto do cruzamento de vacas aneloradas com touros Canchim por cobertura a pasto, poderão ser abatidos até os 18 meses se confinados após a desmama, até os 24 meses se con-finados na terminação e aos 30 meses se criados exclusivamente a pasto. O gado Zebu (Bos indicus), introduzido no Brasil no século passado, foi largamente utilizado em cruzamentos absorventes nos rebanhos de gado Crioulo no País. O gado indiano, conhecido pela sua habilidade de viver nos trópicos, adaptou-se de tal forma em nossa terra que em pouco tempo povoou grandes extensões de campos nativos, melhorando consideravelmente a pecuária de corte nacional.

Apesar de sua rusticidade, verificou-se ser o gado Zebu inferior às raças européias quanto à precocidade e rendimento de carne. Viu-se, portanto, ser necessário melhorar geneticamente a população bovina do País. A simples colocação do gado europeu (Bos taurus), altamente produtivo em regiões de clima temperado, no Brasil Central, não poderia dar bons resultados, devido à sua baixa adaptação ao ambiente tropical. Concorriam para isso, além de outros fatores, o clima, a incidência de parasitas e moléstias e as forragens de baixo valor nutritivo.

A raça Canchim foi criada para melhorar a pecuária brasileira, trazendo precocidade, sem perder rusticidade.

A junção do 3/8 Nelore e 5/8 Charolês fez do touro Canchim um touro adaptado parar as condições climáticas do Brasil, do frio ao calor tropical, touro com alta performance na monta a campo, e inclusive ideal para repasse em programas de IATF. Touro Canchim, com alto libido, tira o melhor rendimento produtivo da vacada. Os bezerros são rústicos e precoces, ganhadores de peso, bons de carcaça e de qualidade de carne, atendendo plenamente às exigências do mercado e do consumidor.